AP de Pessoa Física está gerando indevidamente INSS Patronal

Seguir

Comentários

4 comentários

  • Avatar
    Grupo Jardiplan

    Bom dia

    Ao invés de se mexer nos parâmetros da filial, que tal analisar o agente em questão e as amarrações que provocam o cálculo do INSS Patronal para ele?

    Não vejo essa solução como a melhor, pois se existirem outras pessoas físicas (RPA) onde seja necessário fazer o cálculo do INSS Pat o sistema não irá mais fazer, correto?

    Estou com esse mesmo problema agora (tenho um cálculo indevido) e vou procurar sanar de outras formas, não acho que esse seja o melhor caminho.

    por favor, qual o seu parecer?

    Obrigada

    Luciana Terzariol - Grupo Jardiplan

    0
    Ações de comentário Permalink
  • Oi Lu, como vai?

    Para esta sugestão, você deve usar a nossa comunidade que é Ideômetro (clique neste link). 

    E se está com algum incidente sobre o calculo que está indevido na sua base, posso abrir um ticket por aqui. Pode ser?

    Abs

    Ariane Alves

     

     

    0
    Ações de comentário Permalink
  • Avatar
    Grupo Jardiplan

    Ariane, boa tarde, tudo bem?

    Não entendo que seja caso de ideômetro: no meu ponto de vista o artigo está falho.

    Sei que há outros parâmetros no sistema que fazem com que o INSS PAT seja calculado, como, por exemplo a natureza jurídica do agente.

    Creio que esse artigo foi redigido para atender uma demanda específica e, da forma como foi escrito, dá a entender que esse é o único parâmetro e a única correção que deve ser feita.

    Como citei acima, desligando-se esse parâmetro, o sistema não calculará em nenhum caso, nem quando realmente precisar. Falha, heim??

    Obrigada

    Luciana

    0
    Ações de comentário Permalink
  • Avatar
    Grupo Jardiplan

    Segue artigo da base de conhecimento muito mais completa:

    Como configurar a retenção de INSS Patronal para pessoa Física e Jurídica?

     
     
    Ricardo Beltrame
    Atualizado há 8 meses
    Obrigada
     
    0
    Ações de comentário Permalink

Por favor, entre para comentar.

Artigos nessa seção